Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Tem dias!

18.07.21, MM
  Tem dias que parecem intermináveis  Horas que não passam, tornam-se infindáveis E eu só queria adormecer os pensamentos Pausar os meus tormentos E nos crivos do tempo Perder-me no silêncio Dos gritos que que da minha alma brotam Dos sussurros que a minha paz boicotam Em melodias que já não encantam Choros agonizados, perpetuados...   Tem dias!  Responde a alcoviteira de forma sorrateira De quem tem tudo mas nunca soube o que era ser amada Esboça um sorriso escondendo uma (...)

O que ouves no teu silêncio?

11.05.21, MM
  Quando o absoluto silêncio se instala, o que ouves? O palpitar revigorante do coração? Os pensamentos intrínsecos da alma? Ou apenas o vazio? Diz-me… Tu que tens certezas inabaláveis  Portadora de conhecimentos inigualáveis Vivências de sabedorias inimagináveis  Dogmas de verdades invioláveis Quando o silêncio se instala, o que ouves?   Mas será que sabes mesmo?  Como podes saber se não vives o que sinto Se apenas tens a teoria estereotipada Descrita em livros em (...)