Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Ela é prosa, eu sou poesia

03.04.22, MM
Ela é prosa Escrita entrelaçada numa pauta melodiosa Mundos imaginários, coisas do coração Enredos que ganham vida de forma harmoniosa Animismos ou personificação Paradoxos sem comparação Narrativas vividas no desconhecido Talvez do além E eu deslumbrado como ninguém Ela domina a arte Eu, pareço que venho de Marte Ela é prosa Eu sou poesia Brisa do mar onde tudo é fantasia Palavras tontas com que tento rimar Delineando sentimentos que não consigo ocultar Em estado puro, (...)

Convite

06.06.21, MM
  E se esta noite te convidasse para jantar? Sim, a ti que me lês em segredo Que não te revelas por timidez ou por medo Se hoje te dedicasse este poema  E cuidar de ti passasse a ser o meu lema Se do teu nó conseguisse fazer um laço Talvez te envolvesses no aconchego do meu abraço! Ou oferecer-te uma flor, passearmos pelo jardim Uma carícia, suave em toque de cetim Talvez um beijo de surpresa E com um sorriso eliminasse a tua tristeza Poderia levar-te a ver as ondas do mar E nos (...)

Encontros e reencontros

23.05.21, MM
  A vida é feita de encontros e reencontros Pessoas que entraram e não ficaram De pessoas que queriam entrar e ficar Histórias que nunca chagaram a acontecer Perdidas nas memórias do tempo Recordações transformadas em passatempo Que se esfumaçam quando chega o anoitecer São apenas lembranças de quem já não lembra mais Esvoaçando nas mentes de quem já sofreu demais   Mas a vida é feita de encontros e desencontros Pessoas que vieram na certeza de querer ficar Memórias que (...)

Destino ou acaso?

15.04.21, MM
  Não sei como descrever ao que por norma se designa com o nome de destino, nem mesmo a suposta razão da passagem do tempo.  Destino: “Combinação de circunstâncias ou de acontecimentos que influem de um modo inelutável. = FADO, FORTUNA, SINA, SORTE” Tempo: "Série ininterrupta e eterna de instantes"   Acordei a meio da noite completamente mal disposto e com uma daquelas dores de cabeça horríveis. Reflexos físicos dos estados de ansiedades e dos nervos, aos quais tinha (...)

Encontro . parte 1

24.01.21, MM
   Bom dia menina bonita! Por acaso estou a passar pela tua zona… podíamos beber aquele café que estamos sempre a adiar! Foi desta forma que arrisquei aquele encontro que à muito tempo ansiava. A minha timidez nem sempre deixou lugar para a coragem avançar e desta vez, com um pouco de malícia à mistura, decidi arriscar. Claro que não era fruto do acaso estar naquele lugar e muito menos aquela hora, e isso deixava-me ainda mais nervoso.   O palpitar do coração na ânsia de te (...)