Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Ainda te espero

14.08.22, MM
Ainda te espero em todas as madrugadas Despertar-te num beijo de noites suadas Abraçar-te, acarinhar-te, fazer o tempo parar Provocar-te um sorriso só para te contemplar O quanto és linda Sensualidade pura que não finda   Ainda te espero em todas as madrugadas Brisa do vento no meu corpo sedento Do teu corpo querer tocar, acariciar Viajarmos pelo mundo sem sair do lugar E aí permanecermos, no teu colo, no meu abraço entrelaçar os dedos, fazer-mos um laço Corpos fundidos num suave (...)

Cor-de-mel

12.08.22, MM
Tento transpor sentimentos para uma folha de papel Palavras aprisionadas que tento libertar Mas perco-me nos teus olhos cor-de-mel   Tento pintar a tua imagem numa tela colorida Traços fluidos que me fazem encantar Mas perco-me nos teus olhos cor-de-mel   Tento imaginar-te numa praia despida Carícias de fazer os sentidos despertar Mas perco-me nos teus olhos cor-de-mel   Tento fazer do teu coração a minha morada Quem sabe, um dia, seres minha namorada Mas perco-me nos teus olhos (...)

Simples amigo

07.08.22, MM
Engulo palavras que não te consigo dizer Sentimentos aprisionados receando te perder Vagueio no vazio divagando em mensagens ocas Que até ti faço chegar em palavras loucas Mas nada faz sentido E eu aqui, perdido Insistir, desistir Continuar, partir E eu já nem sei o que estou a sentir   Queria estar contigo, agora, neste momento Deslumbrar-me no teu olhar que me apaixona Que me aprisiona Juntos abraçados sentindo a brisa do vento Corpo quente, desejo eloquente Carícias perdidas em (...)

Amor ou amizade

22.06.22, MM
Pode a amizade esconder um amor Sentimentos vividos entre o frio e o calor Perder-se no vácuo sem saber a razão Palpitações, arritmias, coisas do coração Pode o amor ser apenas amizade Viver o dia-a-dia sem saber o que é a saudade Relações feitas sem grandes emoções Procriar sem conjugar o verbo amar Podem o amor e a amizade viver em harmonia Corpos entrelaçados na mesma sintonia Abraçar em silêncio quando o mundo quer desabar Segurar as lágrimas quando se tem vontade de chorar (...)

Envelhecer

26.03.22, MM
Vejo o tempo a passar por mim Linha temporal aproximando-me do fim… Fim??? Qual fim?  Se renasço a cada a cada madrugada  Histórias de vida tatuadas na minha pele enrugada  Forjadas em lágrimas, suor e sofrimento Batalhas épicas perdidas no esquecimento Mas não esmoreço, persisto, insisto Mais um dia, mais um ano, mais uma vida E mesmo que a luta pareça perdida Renasço tal qual fénix das cinzas ardentes Sou dono de sonhos eloquentes De amor e paixão De amizade e saudade Li (...)

Palavras soltas

22.11.21, MM
Quero sentir a poesia a correr-me nas veias Fervilhando emoções enredadas nas suas teias Palavras renascidas das cinzas e no fogo forjadas Voando livremente em quadras não cruzadas E que importa se não rimar Que interessa se na métrica não ficar Eu só quero escrever palavras que façam endoidecer até adormecer Saboreá-las nos antros recônditos do prazer  Que façam sonhar, acreditar Que me façam voltar a amar...   Quero sentir-me embebido por doces palavras Embriagado nas (...)

Amor ou amizade

16.08.21, MM
Por vezes a amizade vira amor Por vezes o amor vira amizade Como distinguir um e outro  Se ambos vivem da saudade?   Talvez as borboletas já não esvoacem E o frio na barriga desapareça Talvez os corações no ar se esfumacem Num amor condenado à nascença   Linha ténue e mal delineada Que no coração causa confusão Sentimentos que vivem na ansiedade Temendo acabar na solidão Às mãos da pessoa amada   Amor, amizade, dor, saudade Quem ama sente, dizem os eruditos Mas sente o quê? (...)

Viajo entre a luz e a escuridão

06.03.21, MM
  Viajo por entre a luz e a escuridão Flutuando maravilhado, assustado Luminescências, incandescências Demências projetadas pelo coração Perdidas entre o medo e a sedução Eloquências de súbitas evanescências   Viajo entre a luz e a escuridão Pequenos fragmentos esmiuçados Viajando entre o sonho e a ilusão Visões de mundos encantados Verdades escondidas na desilusão Mentiras escondendo a paixão   Viajo por entre a luz e a escuridão Sentimentos embrulhados num turbilhão Clarividênci (...)