Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Erotismos

16.09.22, MM
Será que me amas no silêncio da noite Por entre pensamentos divagantes Lusco-fusco no trilho dos amantes Onde cobres o teu corpo desnudado Com um majestoso manto feito de estrelas Suaves toques no teu segredo sagrado Onde até as princesas singelas  Cometem o seu íntimo pecado   Será que me amas no silêncio da noite Quando a lua ilumina o teu corpo desnudado Desejos proibidos ousando a emancipação Sentimentos aprisionados no coração Ansiando a libertação Procurando a satisfação Atr (...)

Ainda te espero

14.08.22, MM
Ainda te espero em todas as madrugadas Despertar-te num beijo de noites suadas Abraçar-te, acarinhar-te, fazer o tempo parar Provocar-te um sorriso só para te contemplar O quanto és linda Sensualidade pura que não finda   Ainda te espero em todas as madrugadas Brisa do vento no meu corpo sedento Do teu corpo querer tocar, acariciar Viajarmos pelo mundo sem sair do lugar E aí permanecermos, no teu colo, no meu abraço entrelaçar os dedos, fazer-mos um laço Corpos fundidos num suave (...)

Foge comigo

16.06.22, MM
Foge comigo esta noite Por onde os bravios rios descarrilam no mar Atravessaremos as montanhas sagradas Onde os corvos ensaiam o seu cantar Viajaremos entre o ocaso e o amanhecer Pelos eloquentes trilhos das mouras encantadas Desvendaremos as linhas corporais Mistérios ancestrais Em noites de intenso prazer   Foge comigo esta noite De mãos dadas em almas abraçadas Dançando eloquentemente até a música ficar dormente Volúpias despidas sobre o véu sagrado Segredos trocados num beijo (...)

Melancolias

19.12.21, MM
Aguardo apático a chegada dos primeiros raios de sol. Sei que romperão por entre as estreitas fissuras dos estores que mantêm o meu quarto escuro, frio, na melancolia das noites vazias de essência, de vida, do amor. Tudo me parece tão previsível, tal qual um qualquer guião escrito a conta-gotas, pausado, reflexo dos eternos dias passados em tons cinzentos. Aconchego-me a um canto da minha imensa cama. “para que tanto espaço?” questiono-me impacientemente enquanto volto a (...)

Viajo entre a luz e a escuridão

06.03.21, MM
  Viajo por entre a luz e a escuridão Flutuando maravilhado, assustado Luminescências, incandescências Demências projetadas pelo coração Perdidas entre o medo e a sedução Eloquências de súbitas evanescências   Viajo entre a luz e a escuridão Pequenos fragmentos esmiuçados Viajando entre o sonho e a ilusão Visões de mundos encantados Verdades escondidas na desilusão Mentiras escondendo a paixão   Viajo por entre a luz e a escuridão Sentimentos embrulhados num turbilhão Clarividênci (...)

Amanhecer

17.01.21, MM
  A alvorada é incessantemente um acontecimento maravilhoso, inspirador e por vezes transcendental. Não significa necessariamente que a noite também não o seja, mas o amanhecer traz uma magia cintilante, resplandecente, fazendo despertar sentidos adormecidos pelo cansaço. Quando os primeiros raios de sol invadem a casa, já à muito a minha alma pressentira a sua chegada. Preparou-se minuciosamente para o seu aparecimento, abrindo todas as portas e  janelas, permitindo a entrada da (...)