Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Agosto

02.08.23, MM
Hoje, apetecia-me sentir o teu doce abraçar Como quem abraça a eloquência das noites perdidas Efervescências que fazem o meu coração suspirar Noites quentes, amores ao luar Cabelos ao vento sentindo a brisa do mar Respirações ofegantes em almas despidas Histórias vividas em vielas escondidas   Hoje, apetecia-me invadir as saliências do teu corpo arrepiado Corpos entrelaçados em melodias de encantar Danças eloquentes em desejos que se querem libertar “mais duas bebidas por (...)

Primavera!

21.03.23, MM
Soam os rufos dos tambores celestiais  Abrem-se as alas aos ventos renascentes Brisas quentes trazendo coloridos ancestrais Brinda-se à chegada dos pássaros valentes   Frenesim de quem fecha os olhos e sente no coração Esperanças renascidas cultivadas na terra nua Noites amenas despertando a paixão Uivos ecoados honrando a sedutora lua   Alegram-se os dias, toldam-se as vontades Roupas caindo brindando à liberdade Brotam da terra aromas emaranhados em leviandades  Libertam-se (...)

Rapazinho de sorriso rasgado

11.02.21, MM
  Chovia torrencialmente naquela tarde. O céu em tons de breu fazia lembrar os filmes apocalípticos, onde literalmente o dia parecia ter sido engolido por uma noite de trevas. Perante aquele acontecimento repentino, havia pessoas completamente aterrorizadas, deambulando de um lado para o outro, tentando encontrar um porto de abrigo, abrigando-se como podiam ou recolhendo-se às suas casas.  No entanto, no meio daquele caos emergente, surgiu naquela rua quase inundada, um rapazinho de (...)