Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Sonhador

28.03.21, MM

 

MM sonhador2 cópia.jpg

 

Por vezes priorizamos sentimentos

Que cabem na palma da mão

Pedacinhos de coisa nenhuma

Vazios mergulhados em tormentos

Que nos esfriam o fervoroso coração

De quem à solidão se acostuma

 

Não consigo aceitar a suposta verdade

De quem diz viver em estrondosa felicidade

Com o coração fechado para o amor

Retratando alegremente a ausência de dor

 

Como poderei viver sem amor

Se é ele que me alimenta, alenta

Que me salva desta tormenta?

Como poderei viver sem o amor

Se é o combustível que me faz viver

A chama acesa que me faz estremecer?

Como poderei viver sem o amor...

Borboletas esvoaçantes

Aromas penetrantes

Palpitares estonteantes

E mesmo que percorra caminhos errantes

Mesmo que no fim fique apenas na saudade

Darei sempre ao coração a liberdade

A liberdade de amar

Da alma gémea poder encontrar

Não… não poderei viver sem o amor

E mesmo que mergulhe na dor

Nunca desistirei de ser feliz, de acreditar

Porque eu sou um eterno sonhador

6 comentários

Comentar post