Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Silêncios

29.06.22, MM

silencios cópia.jpg

Silêncios

Que na alma fazem gritos 

Murmúrios de um vazio atroz 

Suplícios na casa dos malditos

Que no vácuo projetam a sua voz

 

Silêncios 

De quem espera e desespera

O passar dos dias avante

Sem fantasia, sem quimera

Sem um abraço reconfortante 

 

Silêncios 

Numa tela em tons de branco

Memórias perdidas ao vento

Contempladas num qualquer banco

Numa vida sem qualquer alento

 

Silêncios 

Feitos de revoltas contidas 

Escritas em papiros de amarguras

Sem asas para voar nem loucuras

Apenas sombras na alma esquecidas

2 comentários

Comentar post