Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Se alguém perguntar por mim

08.12.20, MM

MM se alguém perguntar por mim cópia.jpg

 

Se alguém perguntar por mim

Diz apenas que talvez ande por aí

Feito folha caída outonal 

Esvoaçando livremente no temporal

Talvez até possa andar molhado

Talvez digam que fui contrariado

Entre ventos rasgados ou perdido na lamaçal

Mas não sei se estarei assim tão mal

 

Pouso em sorrisos ardentes

Escondendo almas dormentes

Corpos que se beijam 

Em corações ausentes

Olhos que brilham em pensamentos distantes

Daqueles que desejavam ser amantes

 

Se perguntarem por mim

Talvez não volte mais

Talvez seja apenas uma simples gotinha 

Que no oceano não é nada demais

Mas talvez possa a sede matar

Ou fazer algo transbordar

Talvez não seja ninguém

Ou talvez seja alguém

Que ousou viver em liberdade

A liberdade de amar

Mesmo que o preço a pagar

Seja andar por aí

Vagueando entre a esperança e a saudade

E talvez um dia perguntem por mim...

 

Poesia solta II

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.