Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

O que ouves no teu silêncio?

11.05.21, MM

MM silencios cópia.jpg

 

Quando o absoluto silêncio se instala, o que ouves?

O palpitar revigorante do coração?

Os pensamentos intrínsecos da alma?

Ou apenas o vazio?

Diz-me…

Tu que tens certezas inabaláveis 

Portadora de conhecimentos inigualáveis

Vivências de sabedorias inimagináveis 

Dogmas de verdades invioláveis

Quando o silêncio se instala, o que ouves?

 

Mas será que sabes mesmo? 

Como podes saber se não vives o que sinto

Se apenas tens a teoria estereotipada

Descrita em livros em tinta envenenada

De quem nunca soube o que era ser amada

 

Mas diz-me...

O que ouves quando o silêncio se perpetua 

Quando tentas ler as almas e apenas vês a tua, completamente nua…

Serás a perfeita, a eleita

Do coração de alguém? 

Serás assim tão importante, elegante

Ou apenas uma miragem, aragem...

Eu vivo, amo, sofro, enfrento a tempestade

E mesmo que pareça preso à saudade

Vivo em plena liberdade

De amar

De sonhar

De viver a paixão 

De a quem eu entender

Oferecer o meu coração!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.