Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Não me leias

25.09.22, MM

não me leias cópia.jpg

Não me leias nas entrelinhas

Ondas sonoras provocando o vazio

Enlaces escritos em  límpidas estrelinhas

Futuro revelado nas areias do mar bravio

 

Não me leias quando o sol se deita

E a noite surge da minha alma embriagada

São desejos proibidos onde a língua se deleita

Prazeres inconfessáveis na tua cama deitada

 

Não me leias na sina da minha mão

são traços envoltos nas curvas da tua cintura

Linhas projetadas dos lábios ao coração

Fervilhando arrepios de paixão e ternura

 

Não me leias nos meus sonhos enamorados

Sentimentos puros propagados no infinito

Sílabas mudas revelando o nome guardado

De uma amor que nas estrelas está escrito

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.