Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Meu poema

03.12.23, MM

meu poema cópia.jpg

Vem descansar no meu poema

Feito de flores e colibris

Perfume de colo e alfazema

Onde a vida é mais que um teorema

Repouso aconchegante onde sempre sorris

 

Vem mergulhar no meu poema

Águas límpidas onde podes ser tu própria

Absorver todas as palavras em tua glória

Reescrever a tua história

De alma nua

Até tornares a estrada tua

 

Vem embriagar-te no meu poema

Sílabas tontas e delirantes

Contornos de linhas que te fazem sentir mulher

E no jogo do bem-me-quer, mal-me-quer

Mudas o poema em metáforas estonteantes

 

Vem fazer do meu, o teu poema

Absorver dos meus lábios as palavras de amor

Consoantes e vogais dançando alegremente

E eu desejando secretamente 

Que faças do agora teu, o meu poema 

O nosso lar, um lugar acolhedor

4 comentários

Comentar post