Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

Ânsias

08.09.21, MM

ansias2 cópia.jpg

Embalo no choro amargo que me faz adormecer 

Lágrimas derramadas numa cama de infelicidade

Solidão, depressão, dor imensa no coração

Desejos reprimidos que ouso fazer acontecer

Embalados num sono profundo de ilusão

E eu, apenas querendo acordar e viver

Este amor que me avassala o coração

 

Embalo mais um pouco em soluços profundos

Pregando aos deuses que ouçam as minhas preces

Suplico ao universo para ao teu lado ter mais uns segundos

E tu? apareces e desapareces

E eu? fico na ansiedade

Desejos reprimidos guardados na saudade

Num tempo em que era o teu rei

E hoje apenas pergunto-me: onde é que eu errei?

 

Embalo no choro amargo que me faz adormecer 

Na ânsia de um novo amanhecer

De em ti renascer

Abraço as carências que me consomem

Hoje sou menino que desejava ser o teu homem

Amar-te, proteger-te, devolver-te o sorriso

E eu, apenas queria contigo perder o juízo

E é assim que eu tento adormecer

Abraçando a almofada que me faz companhia

Num secreto desejo de em ti estar em sintonia

Corpos entrelaçados em perfeita harmonia

Abraço forte sentindo o teu corpo quente, eloquente

Embrenhado num beijo de boa noite ardente

Realizando fantasias, partilhando alegrias

Aliviando a dor com laços feitos de amor

Ânsias de quem contigo deseja viver

Embalado no teu abraço até adormecer…

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.