Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragmentos de Miguel Moreno

recordações, paixões, aventuras de quem já viajou por todo o país... a vida é bela

A tua mensagem

12.03.21, MM

MM aquela mensagem cópia.jpg

É mais uma noite nefasta. A ausência de notícias tuas correi-me por dentro, entranha-se num sufoco perpetuado, numa arritmia que me deixa à beira da loucura. Nem mesmo o aconchego dos cobertores, ainda com o cheiro de acabados de lavar, sossega o ímpeto de ter notícias tuas, nesta minha ânsia insaciável de querer estar contigo. 

Fecho os olhos mas o sono não aparece. Provavelmente perdeu-se no meio da tempestade que ocorre lá fora, onde a chuva cai compulsivamente, rivalizando com a dor que me assola, que me consome. Acendo a luz e revejo se tenho alguma mensagem tua, mas nada, nem um único sinal. Volto a fechar os olhos e imploro aos deuses que conspirem a meu favor, suplico aos astros que alinhem os planetas para influenciem o meu destino, rogo às forças da natureza que levem a minha mensagem numa brisa suave e a sussurrem carinhosamente ao teu ouvido, como que envolvida num lindo sonho de encantar. Adormeço de cansaço, mas o som da tempestade faz-me acordar de hora a hora. 

Já de madrugada, acordo com o som do despertador que estrondosamente interrompe o sono de uma noite mal dormida. Na minha memória ainda o som da violenta tempestade que me faz permanecer mais uns minutos, procurando mentalizar-me para mais um dia de trabalho. Volto a desligar o despertador e como habitualmente revejo as notificações. Repentinamente o meu coração dispara, os olhos semi-abertos abrem na sua plenitude e a minha mente, ainda meia adormecida, acorda para a realidade. Tinha uma mensagem tua! 

Todo o meu corpo, a minha alma, o meu ser, reagem de forma uníssona! As minhas preces tinham sido ouvidas! Levanto-me cantarolando qual adolescente que se apaixonou pela primeira vez. Abro-os estores e percebo que o céu está completamente limpo, pairando no ar uma brisa quente, ardente, eloquente, com um brilho especial, como se o ar ficasse possuído por partículas de amor.  Viajo nos meus pensamentos imaginando o teu tímido sorriso quando estás na minha presença, como tantas vezes acontecera perante os piropos pouco inocentes que te deixavam corada e a mordiscar o lábio, e que de uma forma leviana deixavam-me sempre maravilhado, num desejo fervilhante dos teus lábios beijar, na urgência de te amar...

Foi apenas uma mensagem, talvez trivial, que no entanto permite despoletar o melhor que há em mim. 

Está um lindo dia, não está?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.